Após a morte do seu querido gato Orville, Bart Jansen, um artista holandês, decidiu empalha-lo e transforma-lo num quadricóptero.

Depois de bem esticado (uma perna para cada lado), Jansen colocou um rotor em cada pata, juntou-lhe mais alguns dispositivos eletrónico e pôs o Orville a voar.

O Orville, versão quadricóptero, encontra-se agora em Amesterdão numa feira de artes.

Há quem lhe chame arte… eu acho que este senhor tem um problema grave…